Livro reúne as obras de Kobra pelo mundo

0
656

Os painéis do muralista Eduardo Kobra por várias cidades do mundo foram reunidos no livro “Kobra” que será lançado hoje (27/6), na Livraria Cultura, em São Paulo.

O livro, publicado pela editora Arte Ensaio, reúne imagens do murais que Kobra e sua equipe fizeram entre 2013 e 2016. O texto é assinado por Celso Campo Jr e aborda até o momento, a trajetória da arte do artista que tem ateliê na Vila Madalena. São relatos de como as obras foram feitas. Muitos dos retratados por Kobra são figuras mundiais como Oscar Niemeyer (Av. Paulista), Ayrton Senna (Consolação), Chico Buarque e Ariano Suassuna (FNAC Pinheiros), Malala, Gandhi, Nelson Mandela, pessoas e temas que contribuíram para a paz no mundo em uma visão pessoal do artista que tem as cores como uma de suas características, como o beijo de um marinheiro em uma mulher na Times Square em Nova York quando foi anunciado o fim da Segunda Guerra Mundial, imagem inspirada em fotografia que se tornou um ícone e que Kobra fez o mural “O Beijo”, naquela cidade, que não existe mais, ele foi apagado, mas Kobra pretende, em breve, fazer outro trabalho no mesmo lugar.

01_hot_wheels_39.91x24.98cm_flat

Recentemente, Kobra teve seu painel na Avenida 23 de Maio, em preto-branco-cinza, totalmente encoberto pela prefeitura de São Paulo. O painel que ele fez por ocasião da Rio 2016 é considerado o maior do mundo e foi um dos lugares mais visitados pelos turistas que estiveram no Rio de Janeiro por ocasião dos jogos olímpicos que o Rio sediou.

A região da Vila Madalena tem vários dos murais de Kobra. Na Paróquia do Calvário tem duas obras do muralista. Chico Buarque e Ariano Suassuna ocupam a fachada da livraria Fnac na Av. Pedroso de Morais.

03_Anne_frank_50.8x33.87cm

“Meu grande palco sempre foram as ruas, especialmente os muros e laterais de prédios. Sempre fico fascinado quando ouço as opiniões das pessoas depois que os murais estão finalizados, mas também e especialmente durante o processo produtivo. Agora será instigante saber como as pessoas receberão esse novo trabalho, ouvir o que acharam ao ver as obras, geralmente imensas, agora transportadas para um livro. Espero que gostem e, principalmente, que ajude a despertar ainda mais pessoas para olharem para a arte de rua – a minha e as de outros artistas. A visitarem as galerias e, principalmente, a perceberem ainda mais a beleza escondida no cotidiano das cidades, nos parques, postes, esculturas e marquises – dos grandes prédios e nos pequenos detalhes”, afirma Kobra em entrevista ao portal Travelpedia.

Lançamento: Terça, 27/6, das 18:30 às 21h, Livraria Cultura Conjunto Nacional, Av. Paulista, 2.073.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA