Trovadores Urbanos homenageiam Silvio Caldas

0
567

Na casa dos Trovadores  Urbanos, em Perdizes, a partir de 22 de janeiro, o publico  poderá conhecer  um pouco  da carreira do seresteiro na Sala Silvio Caldas

O cantor Sílvio Caldas foi o maior responsável pela consolidação da seresta na música popular brasileira, tendo contribuído para o gênero também como compositor, nos anos 30.

Em sua longa trajetória teve diversos slogans, sendo os mais conhecidos O Caboclinho Querido (dado por César Ladeira) e Titio e seresteiro do Brasil. Viveu seus últimos 40 anos em seu sitio de Atibaia SP, onde morreu em 03 de Fevereiro de 1998.

Os Trovadores Urbanos  foram parceiros de Silvio nos seus últimos 5 anos de vida, com shows pelo Brasil e  uma linda  gravação no CD  Serenata, segundo disco do grupo.

Na mostra, fotos, vídeos, informações sobre a sua carreira do artista, além das principais composições,  CDs,  curiosidades sobre a carreira de Silvio  e uma curiosidade:  os visitantes vão caminhar sob um chão repleto de estrelas, uma homenagem ao seu maior sucesso, “Chão de Estrelas”.  O compositor  fez, em 1935, a música “Foste a Sonoridade que Acabou”.

O poeta Guilherme de Almeida sugeriu que seu nome fosse mudado para “Chão de Estrelas”. Manuel Bandeira ficou fascinado pela letra da música. O poeta considerava o verso “tu pisavas os astros distraída” o mais bonito da língua portuguesa. Segundo Maida Novaes, jornalista e produtora do grupo,  o objetivo  é divulgar a carreira de Silvio Caldas  para as novas gerações.

As fotografias da exposição são de Marco Aurelio Olimpio, fotógrafo que acompanhou alguns momentos da trajetória de Silvio e Trovadores Urbanos,  a partir de um primeiro encontro em Atibaia,  a primeira apresentação  no Teatro do SESC Pompeia e outros.

O Instituto Trovadores Urbanos,  criado em 2010,  vem produzindo documentários  sobre os seresteiros do Brasil. O grupo  esteve em  julho de   2014, na região  do rio São Francisco, norte de Minas, onde produziram um documentário sobre os  seresteiros de quatro cidades. E em 2016, planejam fazer um novo filme, sobre os seresteiros paulistas,  à beira do Rio Tietê.

O objetivo do Instituto Trovadores Urbanos é divulgar a seresta no Brasil, criando um portal com  informações  sobre   os principais seresteiros brasileiros .

A Seresta de Sexta, como o nome já diz, acontece todas as sextas do ano,  de 22 de janeiro a 23 de dezembro, das 20h ás 21h30. Já a Sala Silvio Caldas funciona as sextas-feiras das 18 às 21h30.

Casa dos Trovadores

Rua Aimberê,  651, Perdizes

Telefone: 2595 0100

trovadoresurbanos@trovadores.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA