Santo Ivo e Positivo: parceria mantém tradição humanista e proposta pedagógica

0
214

Foto: Divulgação

Divulgação
Fachada da Unidade I do Colégio Santo Ivo

O Colégio Santo Ivo, uma das instituições mais tradicionais e respeitadas de São Paulo, localizado na região da Lapa, anunciou que foi adquirido pelo Grupo Positivo, um dos maiores grupos educacionais do país. A união somará a experiência do Santo Ivo, conhecido por sua educação de qualidade, com a expertise do Grupo Positivo, que é referência e um dos líderes entre as escolas com foco no desenvolvimento integral do indivíduo por meio da educação.

A troca de administração, no entanto, não mudará a tradição humanista dos 56 anos de existência da Santo Ivo, que se consolidou como uma escola inovadora, que apresenta uma proposta pedagógica diferenciada – alicerçada em princípios humanistas e valores inerentes à cultura de paz –, além de ser voltada à formação integral e à inovação tecnológica, características que vem ao encontro do trabalho realizado pelo Grupo Positivo.

Segundo a ex-mantenedora do colégio, Myrna Ibrahim, a compra não mudará os valores, os princípios e a proposta pedagógica do colégio. “O Positivo compartilha da mesma tradição e do mesmo DNA que o Santo Ivo. Assim como nós, o Grupo Positivo faz parte da Unesco e preserva a cultura humanista dentro das escolas, por exemplo”, explica.

De acordo com o Gerente de Operações dos colégios do Grupo Positivo, Maurício de Oliveira Monteiro, a solidez financeira e a forma com que o Colégio Santo Ivo soube acompanhar a evolução na área da educação – sem perder de vista os interesses da comunidade -, é admirável e será mantida.

Com a aquisição, a expectativa é a de que o colégio invista ainda mais na formação e capacitação dos professores, utilizando a estrutura do Positivo, que possui um Centro de Inovação Pedagógica, Pesquisa e Desenvolvimento (CIPP) em Curitiba, no Paraná, local onde iniciou a sua história.
“A proposta é que haja uma troca, possibilitando, assim, que os professores do Santo Ivo, ao mesmo tempo que aprendam conosco, possam levar suas experiências para aprimorar o trabalho em sala de aula. Por meio do CIPP, toda equipe tem acesso a cursos livres, grupos de estudos, encontros formativos e seminários, por exemplo, os quais resultarão em um ensino de qualidade aos estudantes”, explica Monteiro.

Apesar da aquisição, tanto o material didático quanto a equipe pedagógica, serão mantidas. O mesmo acontecerá com os funcionários da área administrativa. Até o nome Santo Ivo, as cores e o logotipo do colégio continuarão os mesmos. Myrna – que é filha do fundador da escola, o professor José Carlos de Barros Lima -, continuará dando assessoria à equipe do Grupo Positivo. “Isso, inclusive, foi proposto pela diretoria do Positivo, que faz questão de manter a relação intensa e profunda que o Santo Ivo estabeleceu com a comunidade da região ao longo dessas cinco décadas, algo conquistado graças ao empenho do meu pai e que eu, com orgulho, dei continuidade”, diz.
Monteiro reforça que a proposta do projeto de expansão do Grupo Positivo, que hoje totaliza 22 escolas, distribuídas em três estados e oito cidades, é respeitar as características e individualidades de cada colégio que integra o Grupo, levando em conta as expectativas e necessidades da comunidade onde está presente. “As escolas do Grupo Positivo usam livros didáticos de diversos fornecedores, nacionais e estrangeiros, que são analisados pelo CIPP e tem o seu uso adaptado para a realidade de cada colégio da rede. Por meio do trabalho cooperativo entre as diversas instituições de ensino, reforçamos a nossa missão de construir um mundo melhor por meio da educação de qualidade.”, ressalta.

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY