Subprefeitura realiza coletiva sobre medidas de prevenção

0
242

O subprefeito da Lapa, Leo Santos, convocou uma coletiva de imprensa com veículos da região para explicar os procedimentos que serão adotados para reduzir as chances de propagação do coronavírus. “As ações que o prefeito tomou com o decreto visam mitigar a questão do complexo processo que é diminuir as chances que a Covid-19 se propague. O Brasil, e principalmente São Paulo, está hoje muito melhor do que está a Europa, e nós do poder público, nossas ações, são para não chegar ao ponto da quarentena imposta na Itália, por exemplo, com cidadãos em casa proibidos de sair por 15 dias ou um mês. A prefeitura exigiu que cancelássemos os alvarás de eventos privados. Todos os eventos públicos também foram cancelados, como o Ruas Abertas no Sumaré. A ideia é estimular ao máximo a não aglomeração de pessoas”, declara Leo Santos.

Segundo o subprefeito, os moradores da região não vão ter problemas com compras. “O abastecimento não será interrompido, feiras livres, sacolões e o mercado municipal, todos vão continuar abertos”, disse.

Em relação ao trabalho da subprefeitura, serão tomadas medidas para suspender o atendimento presencial. “Todos os processos administrativos existentes nas subprefeituras terão o prazo de vencimento prorrogado por 30 dias, como alvarás, comunique-se, entre outros. O munícipe não deve se preocupar com isso neste momento. Vamos interromper o atendimento pessoal à municipalidade, nos departamentos de obras, áreas verdes, entre outros, que passarão a ser por e-mail”, afirma Leo Santos. Os e-mails para tirar dúvidas e entrar em contato com a subprefeitura são lapacpdu@smsub.prefeitura.sp.gov.br (Coordenadoria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (CPDU)), lapcpo@smsub.prefeitura.sp.gov.br (Coordenadoria de Projetos e Obras (CPO)), jcsmartins@smsub.prefeitura.sp.gov.br (Gabinete) e tcqfreitas@smsub.prefeitura.sp.gov.br (Jurídico). A praça de atendimento também será fechada.

As reuniões realizadas na subprefeitura, como a do Cades Lapa, foram suspensas, bem como as aulas de música que ocorrem lá. As equipes de zeladoria vão continuar suas atividades normalmente. Velórios no Cemitério da Lapa deverão ter no máximo dez pessoas por sala. Equipamentos de cultura como o Tendal da Lapa, Centro de Memória e Convívio Cecília Meireles, bibliotecas e teatros ficarão fechados.

Por fim, o subprefeito pede aos moradores que mantenham a calma e colaborem. “Saiam o mínimo possível na rua, evitem aglomerações e reuniões com muitas pessoas, lavem as mãos, usem álcool em gel, apesar da dificuldade de achar. Não existe necessidade de correr e estocar coisas em casa. Tenham paciência com os atendimentos dos serviços públicos, que terão horários alternativos, exceto na saúde e segurança, para evitar que muitas pessoas circulem pelas ruas”, finaliza.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA