João Carlos Martins se apresenta em empreendimento na Leopoldina

0
84

Foto: Consuelo Fernandez

Consuelo Fernandez
Apresentação do maestro e pianista João Carlos Martins

No sábado (7) o estande de vendas de dois empreendimentos da Kallas na Leopoldina foi palco para uma apresentação exclusiva do maestro João Carlos Martins junto com a Camerata Musical. No repertório foram executadas obras clássicas, como as de Mozart, além de versões de Yesterday do The Beatles, Love of My Life do Queen, e Trem das Onze do Adoniran Barbosa.
O show do maestro foi escolhido para encerrar a série de eventos culturais que precedem o lançamento dos empreendimentos Lodz e Le Havre, na Avenida Mofarrej. Thiago Kallas, diretor de incorporação, compara a história de superação do músico com a dificuldade que as empresas têm de investir em tempos de crise. “O João Carlos Martins é um exemplo de superação. Uma inspiração para superar crises e exemplo de inovação. Com sua história a gente percebe o quanto é possível se renovar e se reinventar todos os dias. Além disso, queríamos trazer cultura e carinho para os nossos clientes e convidados”, afirma. Já João Carlos Martins agradeceu o convite para o evento. “Quando você faz um lançamento de empreendimento com música clássica é porque você acredita no País”, declara o maestro.

 

Cerca de 500 pessoas estiveram no evento, que foi o último de uma série elaborada pela Kallas. Entre as outras atrações que aconteceram em setembro esteve o show da cantora Luiza Possi, uma aula de gastronomia com o chef Marcelo Ozi, a palestra com o economista e debatedor do programa Manhattan Connection Ricardo Amorim, e diversas oficinas com a artista plástica Fernanda Potenza. “Esse é o encerramento dos grandes eventos e tivemos mais de 500 pessoas, a maioria cliente o que é muito bacana. Então acreditamos que vai ser um sucesso o empreendimento. É muito bom estar de volta ao bairro, temos outros empreendimentos aqui, mas esse talvez seja um dos mais interessantes porque entra na modernidade, arte, cultura e gastronomia, com a comida preparada pelo próprio chef da Kallas”, afirma Thiago Kallas.
Sobre a transformação do bairro, o diretor de incorporação acredita que a Vila Leopoldina pode ser um dos bairros mais nobres de São Paulo. “A Vila Leopoldina ficou três ou quatro anos parada devido ao zoneamento, não tinha estoque de outorga. Hoje o plano diretor piorou o zoneamento da Leopoldina, deixando mais restrito, mas a vantagem é que pelo menos volta a outorga, volta poder comprar esse potencial. A Leopoldina já é desenvolvida, você vê a renda dos clientes, não perde para nenhum bairro, acho que vai continuar para uma parte que estava adormecida, mas é inquestionável, vide o comércio que se tem aqui. E a Ceagesp, se sair, dependendo do urbanismo que for dado, vai ser um ponto de tornar a Vila Leopoldina um dos bairros mais caros de São Paulo. Já é um belo bairro, se depender do urbanismo vai virar um bairro estrela”, declara Thiago Kallas. O empreendimento terá duas torres independentes e opções de plantas de 60 m² a 147 m². O lançamento está previsto para o final de outubro, mas a equipe de vendas da Kallas atende o público todos os dias, das 9h às 20h, na Avenida Mofarrej, 710.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA