Aniversário de São Paulo no Memorial

0
291

Foto:

Alasitas

Programação diversificada com entrada gratuita

Para manter a tradição, o Memorial da América Latina abre sua programação de 2017 com uma agenda de eventos inteiramente dedicada ao aniversário da Cidade de São Paulo. Shows musicais, exposições de artes plásticas e fotografias, festa da Alasitas que celebra o deus da abundância do povo boliviano, festivais de gastronomia e cerveja, praça de alimentação, minishopping de artesanato e espaço kid. Tudo isso com entrada gratuita, além dos espaços expositivos permanentes com as obras de arte popular do Pavilhão da Criatividade. Confira!

Mostra Poemas para São Paulo – Até 27/1
A Biblioteca Latino-americana selecionou textos de alguns dos escritores que escreveram seu amor pela cidade, como Paulo Bonfim, Mário de Andrade, Alice Ruiz, Augusto Massi, Binho, Donizete Galvão, Glauco Mattoso, Guilherme de Almeida, Ledusha, Manuel Bandeira,  Menotti del Picchia,  Oswald de Andrade,  Paulo Vanzolini e Roberto Piva. (Abre de segunda a sexta das 9h às 18h e sábados até 15h)

Festival de Pastel e de Cerveja Artesanal – Dias 21 / 22 e 25
O popular petisco da pauliceia desvairada,  como Mário de Andrade alcunhou São Paulo,  acompanhado de diversos tipos de cerveja artesanal, o novo jeito de apreciar a bebida mais tradicional do brasileiro. No espaço, opções de degustes na praça de alimentação com variado cardápio que atende o fôlego e o bolso dos visitantes.  Aberta das 10h às 21h, com entrada pelos portões 8 e 9.

Talentos do Memorial 2017 – Dias 21 / 22 e 25
Começa a edição do projeto iniciado no segundo semestre do ano passado e que vem trazendo para o Memorial novos grupos e tendências musicais da cidade, do interior e do litoral paulista. As inscrições são gratuitas  e estão abertas de 4 a 13 de janeiro pelo www.memorial.org.br. As apresentações dos selecionados serão do meio dia às 21h no dia 21 e das 11h às 20h nos dias 22 e 25.

Alasitas, festa da prosperidade e da abundância
Na véspera do aniversário de São Paulo, a comunidade de imigrantes bolivianos, a maior da América Latina em São Paulo, celebra a tradição de homenagear as divindades de seu povo com mais uma grande festa na Praça Cívica do Memorial. O encontro é regado a muita bebida típica, danças, músicas e variado cardápio gastronômico. Dia 24, das 11h às 20h, com entrada gratuita pelos portões 2 e 5.

Brasil/Israel, um olhar cultural sobre povos e costumes
Mostra reúne trabalhos de fotógrafos que participaram do concurso cultural promovido pelo Memorial da América Latina em parceria com o Consulado Geral de Israel em São Paulo. O brasileiro Agê Barros, vencedor da etapa nacional do certame, passou uma semana em Israel colhendo imagens do cotidiano daquele país. O mesmo fazia no Brasil Tomer Ifrah, selecionado na fase de Israel. A mostra homenageia São Paulo por sua característica de cidade cosmopolita e solidária que acolhe imigrantes de todas as etnias e também celebra os 70 anos de amizade entre Brasil e Israel.  Abre no dia 24, às 9h, na Biblioteca Latino-americana e fica em cartaz até 26 de fevereiro com entrada gratuita.

Memorial Exposição Intensidade_Sergio FabrisExposição Intensidade
O artista plástico Sergio Fabris homenageia São Paulo com a coletânea de seus principais trabalhos em acrílica, resultado de sua acurada sensibilidade e estilo peculiar de filtrar a estética do urbano e por ela retratar em cores e formas  a sociedade paulistana contemporânea.  Em cartaz no Espaço Gabriel García Márquez do dia 25/1 a 26/2, de terça a domingo das 9h às 18, com entrada gratuita.

Memorial Lavagem da Mao 25-01 - Levi Fanan_37Lavagem da Mão
Pelo quinto ano consecutivo o Memorial promove o encontro do sincretismo religioso com os primeiros sons que anunciam a festa do carnaval paulistano. Ao ritmo da bateria e no balanço das passistas da escola de samba Nenê de Vila Matilde, as baianas fazem a “limpeza” espiritual da Mão, obra de Oscar Niemeyer que é o símbolo do Memorial e um dos principais marcos da Cidade. A partir das 14h começa a concentração em frente ao Auditório  Simón Bolívar e dali o desfile, às 15h, até a Mão, na Praça Cívica. Dia 25, Praça Cívica.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA