Curso de cabeleireiro do Senac tem ênfase em visagismo

0
374

 

Primeira turma será ofertada na capital, em janeiro, na unidade Lapa Faustolo

São inúmeras as opções de trabalho para aqueles que atuam na área de beleza: institutos, salões, spas, hotéis, lojas de cosméticos, atendimento em domicílio. Nem a economia instável conseguiu abalar esse mercado que, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), cresce entre 10% e 15% por ano.

Para acompanhar esse segmento em expansão, o Senac São Paulo oferece o curso Cabeleireiro, que terá turmas a partir desse mês na unidade Lapa Faustolo, na capital. Já no interior, o início das aulas está previsto para fevereiro, no Senac Mogi Guaçu. O grande atrativo do programa, como destaca Tatiana Putti, coordenadora da área de beleza do Senac São Paulo, é a aplicação do visagismo, técnica que busca harmonização entre maquiagem e penteado e o estilo de rosto da pessoa.

“O nicho está aquecido, recebe investimentos em produtos e em serviços, e tem, no Brasil, o terceiro maior consumidor mundial”, comenta Tatiana. Para ela, a importância da imagem pessoal, o aumento da expectativa de vida das mulheres e a procura por produtos contra os sinais do envelhecimento são alguns fatores que favorecem esse resultado positivo no país. Além disso, o crescimento da renda das classes baixas e o fortalecimento da participação feminina no universo profissional também contribuem para acirrar a competitividade, exigindo ampla qualificação.

“Esse contexto traz grandes desafios ao cabeleireiro, que deve transitar entre as tendências da moda e as do mercado em busca de novas composições visuais. A compreensão das inovações do segmento bem como das questões ligadas à cosmetologia e à biossegurança que oferecemos em nossa formação são variáveis que influenciam no desempenho, tornando-se diferenciais”, explica Tatiana.

Ao longo do curso os alunos aprendem diversas técnicas, entre elas higienização, penteados, corte, hidratação e reconstrução de cabelos. Com 400 horas de curso, estão previstas também práticas que estimulem as habilidades técnicas para alcançar resultados harmônicos e que valorizem a beleza.

“Outro diferencial é a infraestrutura que o Senac oferece, com laboratórios que permitem aos alunos simularem as práticas profissionais durante o processo de aprendizagem”, afirma Tatiana.

Expertise na área

O Senac atua no segmento de beleza desde 1953, quando lançou o curso Manicure e outros relacionados à área. Desde então, aumentou seu portfólio, oferecendo opções nas modalidades livre, técnica e de formação superior, que abrangem os cuidados com cabelo, maquiagem, depilação, manicure e pedicure.

No Senac, o cabeleireiro pode completar sua formação com os cursos Administração de Salão de Beleza e Maquiador. A instituição também promove eventos que reforçam os conhecimentos dos profissionais do setor, como o Beauty Experience, que a cada ano convida renomados especialistas para debater esse mercado.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA