Um surfista|consciente

0
1184

Foto:

Pranchas resistentes e ecológicas

Daniel Aranha tem por
hobby o surfe que pratica pelas praias de Ubatuba quando o trabalho
permite alguns dias de lazer. Nascido e morador da Vila Madalena,
Daniel se formou em engenharia de materiais e criou a empresa E-Boards
que tem seu estúdio no bairro. É lá onde ele desenha as pranchas de
surfe e desenvolve projetos para a indústria automobilística e de
mobiliário.
A resina que ele desenvolveu e patenteou em 2009 não
agride o meio ambiente. Com esse material, criou pranchas de surfe
ecológicas e afirma ser a primeira que utiliza na construção materiais
naturais, reciclados e orgânicos, livres de emissão de gases ou
resíduos que agridam a natureza. Tudo foi desenvolvido por ele e a
prancha é 100% reciclável. “É uma tendência mundial e o perfil do
consumidor consciente, inclusive os surfistas, está aumentando a cada
dia”, afirma Daniel.
As pranchas desenvolvidas – são 6 modelos —
por Daniel utilizam uma resina mais leve e resistente e se diferenciam
das demais graças a maior capacidade de absorção de impactos e por sua
distribuição acontecer na maior área possível. “Não amarela e nem
amassa com a mesma facilidade que as tradicionais. O processo de
envelhecimento do material é superior comparado às demais pranchas do
mercado, retardando o desgaste causado pela exposição ao sol, água
salgada e outros agentes”, garante o engenheiro e surfista.
Preocupado
com a sustentabilidade, Daniel e sua empresa mantêm parcerias com 3
ONGs, a WWF, a Sea Shepard, que desenvolve trabalho de proteção de
tubarões, e a Surfrider Foundation Brazil, que foca na preservação das
praias do Brasil. Parte do valor pago em uma das pranchas de surfe
feitas por ele vai para uma das ONGs que o comprador indicar. “É uma
atitude que qualquer empresa preocupada com o meio ambiente precisa ter
e o surfe é um esporte voltado à natureza”.
Daniel que já surfou em
points como Maresias, Fernando de Noronha, Austrália, Chile e
Califórnia. Ele espera, em breve, ver suas pranchas ecológicas fazendo
bonito pelas ondas das praias do mundo, sem causar nenhuma agressão ao
meio ambiente.
Atualmente, suas pranchas são vendidas nas lojas
Osklen, mas ele promete que em breve pretende ampliar os pontos de
venda de sua prancha.


www.eboards.com.br

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY