Cresce a procura por produtos sem agrotóxicos

0
122

Foto:

A Banda Ira! no SESC Pinheiros para o público

Os produtos orgânicos têm atraído cada vez mais público para a Feira da Associação de Agricultura Orgânica, realizada no Parque da Água Branca. Hortaliças, legumes, frutas, iogurtes e pães estão entre os itens vendidos às terças-feiras e sábados, sempre no período da manhã, das 7h às 12h.
Referência no setor por exigir certificação dos produtos orgânicos comercializados, a feira teve início em 1991. “A Associação de Agricultura Orgânica (organização não – governamental, sem fins lucrativos) foi fundada em maio de 1989 por um grupo de engenheiros agrônomos, produtores, jornalistas e pesquisadores que já praticavam a agricultura orgânica e acreditavam na sua viabilidade sócio-econômica e ambiental que acabou resultando na primeira edição da feira inaugurada dois anos depois, com o apoio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, dentro do Parque”, afirma a gerente da Associação, Araci Kamiyama.
Após 18 anos, o número de produtores cresceu. A feira tem mais de 30 bancas de produtos. “As barracas tem mais de uma família, onde cada uma produz um tipo de produto diferente. Além da garantia do selo orgânico, o consumidor encontra um mix de produtos. Cerca de duas mil pessoas passam pela feira todas as semanas”, diz ela. “Mais do que difundir práticas e técnicas, a AAO defende o direito das pessoas a uma alimentação sadia e equilibrada que preserva o homem e ao mesmo tempo o meio ambiente”, revela a gerente.

Certificação

Todos os alimentos vendidos têm a certificação orgânica. Um produto para ser avaliado e certificado tem que ser produzido dentro da Norma de Produção Orgânica. “Se todos os requisitos forem atendidos, é emitido um certificado que atesta a qualidade dos alimentos em relação à norma. Depois de avaliados, os produtos passam a exibir o Selo de Qualidade AAO, que é uma marca de qualidade da Associação de Agricultura Orgânica”, explica a gerente. “Damos uma atenção maior à parte nutricional, com análise de solo e folhas para que a planta não atraia doença.Também fazemos um manejo para manter o solo vivo com plantas que ajudam a nutrir o pomar além de plantar de forma a diminuir a erosão”, acrescenta um dos produtores, Adilson Roncaglia, que comercializa figo, morango e ovos entre outros produtos na feira, que acontece às terças e sábados, no Parque da Água Branca, Avenida Francisco Matarazzo, 455. Outras informações pelo telefone: (11) 3875-2625.

COMPARTILHE
Próximo artigoVida de Modelo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA